Recorte 1

Recorte1
Falha de amar

Louco namoro, voo de besouro. Amor de tesão

Caio de saudade Da minha sacada. Tudo me invade.
A cara amassada, atravesso o chão

Garganta trancada. Palavra cortada. Alma em contramão

Já era, querido! Foi-se a maldade
Mas ficou a lealdade.Liberto seu coração!

Agora duvido Que não tenha lugar
Em você, bandido, Pra minha falha de amar!

Anúncios