Arquivo de Tag: Guilherme

Entrecapítulo 31/32 – parte 2

Quando a gente beija alguém, tocamos saliva e consciência. É como um vírus, pouco a pouco você vai se deixando preencher por aquela pessoa e, quanto mais beijos se trocam, mais a individualidade… Continuar lendo

Capítulo 28 – Um presente mortal

  Trilha sonora: ‘Parabéns pra você’ – Canta pra mim?   Feliz aniversário pra mim. Não esperava comemorar mais um ano de vida desse jeito. Praticamente só. Desta vez o martírio da separação… Continuar lendo

Capítulo 27 – Um jeito de me deixar maluca

  Trilha sonora do dia: ‘ O meu amor’ – Ivete Sangalo e Caetano Veloso Embora Guilherme tenha tido a bondade de faltar algumas provas, ainda nos encontramos algumas vezes nas duas últimas… Continuar lendo

Capítulo 26 – Amar não basta

  – Pelo amor de Deus, Guilherme! Todo mundo tem amigos homens! Você não pode simplesmente fazer essa cara toda as vezes que um cara chegar perto de mim. – Eu tenho o… Continuar lendo

Entrecapítulo 25/26

Trilha sonora: Eu viro areia – Gal Costa Uma mosca gira ao redor de mim e decide pousar no outro morto mais próximo, meu celular. A tela funciona como um espelho, refletindo a… Continuar lendo

Capítulo 25 – Ele foi. O coração ficou

Trilha sonora: ‘Naquela estação’ – Adriana Calcanhotto Acho que a vida é muito mal balanceada. As coisas nunca acontecem como esperamos – e na maioria das vezes elas acontecem ao contrário do que… Continuar lendo

Capítulo 24 – Confissões preguiçosas

Trilha sonora:’Monomania’ – Clarice Falcão A tia Soledad, a mãe do Pedro, esteve lá em casa para visitar sua nora. Família de gente muito simples, clones de diferentes idades e sexos de meu… Continuar lendo

Capítulo 22 – O fim da juventude

  Trilha sonora: ‘Mistério do Planeta’ – Novos Baianos. Na madrugada de terça-feira, acordei com o celular tocando. Assim que o toque me despertou eu já fiquei imaginando pequenas tragédias – não era.… Continuar lendo

Capítulo 21 – Noite quente

  Trilha sonora:‘Adivinha o quê?’ – Lulu Santos e Marina de La Riva Cometi o desatino. Embarquei no primeiro dos três ônibus que me levariam até a casa de Guilherme. Apartados por uma… Continuar lendo

Capítulo 20 – Show de felicidade

  Trilha sonora do dia: ‘Odara’ – por Caetano Veloso Eu e V nos sentamos na mesa sete da cantina e ficamos aguardando o pessoal chegar. O Pedro chegou em 15 minutos, acompanhado… Continuar lendo

Capítulo 19 – O amor (parece) lindo

Trilha sonora: ‘Tempo de pipa’ – Cícero. E lá estava ele. Lindo como nunca e com uma flor na mão, arrancada do jardim que estava exatamente ao lado dele alguns segundos antes. Ao… Continuar lendo

Capítulo 18 – A Jura

Como eu já imaginava, a quinta-feira dessa semana foi a mais atarefada da minha vida, mas eu não podia imaginar que também seria uma das mais prazerosas. As minhas obrigações de “artista” ainda… Continuar lendo

Entrecapítulo 17/18

  Minha mãe me esperava em casa, mais precisamente sentada na minha cama, ainda vestindo o uniforme do trabalho. Engoli seco ao vê-la. Leia o Capítulo 17 – Quem era? Não haveria motivo… Continuar lendo

Capítulo 17 – Amigo, é?

  Trilha sonora do dia: ‘Janta’ – Marcelo Camelo e Mallu Magalhães Ontem foi o último dia de ensaio, a apresentação é na segunda. Usamos nosso último tempo disponível para decidirmos o figurino.… Continuar lendo

Capítulo 16 – A linha de giz

  Estava um pouco sem tempo para ser eu mesma e colocar no papel as coisas que têm ocorrido. A rotina de ensaios constantes, de teatro e música, inclusive nos finais de semana,… Continuar lendo

Entrecapítulo 15/16

  Trilha sonora do dia: Vista pro mar – Silva “Como era bobo Bentinho, que não reparava que eu vivia costurada a ele, elogiando seus cabelos e pegando todo tempo em sua mão… Continuar lendo

Capítulo 15 – A pior parte

Hoje começaram os ensaios para a peça. Às 15h em ponto, saí da sala 25 e fui até a sala do grupo de teatro. Como já estava na escola, não cheguei atrasada –… Continuar lendo

Capítulo 12 – O monstro da gandaia

  Trilha sonora: ‘Gandaia’ – Karol Conka   Desliguei o telefone e a mente daquela ligação maluca do Salsicha, fui tomar banho para dormir. Havia deixado meu pijama sobre o colchão de ar… Continuar lendo